8 de dez de 2011

ZOO


                

Marcel Moreno

             O que é a vida? A vida pode ser definida de várias formas. Uma delas é de que a vida é uma vitrine. Abrimos nossas vidas toda hora involuntariamente. Quando vamos trabalhar, estudar, ou fazer qualquer coisa, mas apesar de involuntária, só mostramos a maioria das coisas que queremos que as outras pessoas vejam, ou elas olham mesmo sem serem convidadas. Mas cada um faz uma leitura. Olhando os outros, seus escritos, suas atitudes, seus tipos de relacionamento e seus comportamentos, podemos ter exemplos bons, ruins, normais, ou anormais ou o avesso do oposto de tudo isso.


                Bert Haanstra mostra isso mesmo no seu documentário de forma clara e muito assertiva, em um trabalho muito bem feito. Quando olhamos pessoas em um zoológico, tratando os bichos como nada, observando-os através de uma grade, analisando seus comportamentos. Mas o que não esperávamos é que do outro lado da grade, também somos observados. Observando julgamos, falamos, concordamos, mas nunca nos lembramos que do outro lado sofremos o mesmo o qual fazemos. Sentimos amor, sentimos medo, temos sonhos, somos nojentos, fazemos sexo, etc. Sejam bichos ou homens. Todos nós amamos, nos reproduzimos, vivemos e morremos. Se parar para reparar, de nada adianta nos sentirmos superiores, quando somos capazes de fazer tudo do mesmo jeito. Alem dos sentimentos e semelhanças com os bichos, Haanstra nos aproxima dos bichos pelas características físicas, e por incrível que pareça, nós somos muito semelhantes. Vale muito a pena se deliciar com este curta. Muitas vezes olhamos o próximo como mero entretenimento como em um zoológico, quando na verdade somos todos seres vivos. Belíssima comparação do homem com os bichos, o que prova que se conseguirmos ver somente a alma de todos sem os formatos carnais, seríamos todos iguais, mas nos esquecemos disto, nos aproximando de padrões automáticos de beleza, valorização de qualquer porcaria e perdendo valores. No documentário, podemos ter todas as percepções que os bichos tem de nós, e levanta a questão de quem na verdade está sendo observado, o homem ou o bicho?
  


Título Original: Zoo
Título no Brasil: Zoo
Ano de Lançamento: 1962
Direção: Bert Haanstra


Um comentário: