4 de set de 2012

RÉQUIEM FOR A DREAM (2000)


Por Marcel Moreno



                Qual é o limite para se alcançar um sonho? Os caminhos trilhados por muitos para se chegar a um objetivo são feitos de várias maneiras. As escolhas geralmente são por caminhos mais fáceis e consequentemente, e esperadamente, menos trabalhosos. É entre a realidade e o sonho e a busca por ser alguém imortalizado em algo, que o réquiem da passagem pode se tornar algo destrutivo ao corpo, a alma e aos próprios sonhos.


                Sara Goldfarb é uma mulher sonhadora. Viciada em programas de TV, tem uma vida difícil entre a solidão e o filho viciado. Quando se depara com a possibilidade de realizar um sonho, acaba entrando em vicio mortal; Harry é filho da Sra. Goldfarb. Viciado em heroína, chega ao limite das possibilidades humanas entre usos excessivos da droga e a vontade de ganhar dinheiro fácil e ter uma vida melhor; Marion namorada de Harry, apesar de pertencer a uma família abastada, preferiu viver a margem da sociedade se drogando, sem coragem para perseguir seus sonhos e sem pretensões para o seu futuro.


                Réquiem For a Dream vai trabalhar não somente as escolhas que somos capazes de fazer para nossas vidas, mas principalmente como trabalhamos nosso psicológico para seguir determinados caminhos ou perseguir determinados objetivos. Réquiem no nome do filme faz total sentido quando estamos diante de uma nova possibilidade, e nos deparamos com esta grande mudança. A passagem para o novo é tratado como vício, e este vício como uma ferramenta alienadora para fugirmos do medo do novo, da falta de auto confiança, da certeza da derrota, da falta de fé ou mesmo da falta de vontade de sair do estado cômodo que eles se encontram para algo totalmente novo e fora das perspectivas que outrora eram inimagináveis.


                Assim Requiem For a Dream nos mostra esta face do homem quando, sem coragem para mudança ou com vontade de ser alguém reconhecido e assim se tornar imortal, passa a ter certos hábitos bons ou ruins. Um exemplo é o da Sra. Goldfarb, que viu que a possibilidade de ser alguém com prestigio poderia se concretizar participando de um programa de TV, uma vez que seu produto para imortalização, no caso o seu filho, é um mal para a sociedade e não um legado. Com tudo isso o vicio vira para o homem uma prece, um réquiem de passagem para a destruição, onde o sonho jamais se concretizará no mundo real, mas sim nas ilusões criadas para saciar suas vontades e suas esperanças.

Título original: Requiem For a Dream
Título no Brasil: Réquiem Para um Sonho
Ano de lançamento: 2000
País de origem: Estados Unidos
Diretor: Darren Aronofsky


2 comentários:

  1. Hi! Great site! I'm trying to find an email address to contact you on to ask if you would please consider adding a link to my website. I'd really appreciate if you could email me back.

    Thanks and have a great day!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks for appreciate my text. Send me a e-mail marcel_moreno@msn.com. Thanks again. Bye.

      Excluir